segunda-feira, 31 de maio de 2010



Ai, que fofo...A dona do blog http://danielleosantos.blogspot.com/ me passou esse dois selinhos *-*
obrigada pelo carinho. Bom saber que estou agradando.
To com muito sono agora, então amanhã eu repasso! =)

Beeijo!
"Ainda que doa deixar pessoas morrerem, se agarrar a elas é viver mal assombrado."

Tati Bernardi
Me dei conta de que essa é a pior e a melhor fase da minha vida. Eu nunca andei tão triste e nem tão feliz. Foi difícil enterrar tantos mortos e tantas rotinas, mas está sendo muito fácil viver dentro de mim.


Tati Bernardi


"E eu sou crua, penso mais em mim. Chamam de egoísmo o que eu denomino defesa própria, ninguém pode ter em suas mãos o direito de me fazer chorar, por motivos tão minúsculos e eu ainda consentir. Não, sou fechada a sentimentos desde que sejam provados, deixei de acreditar na farsa que é o eu te amo, dito tão firmemente que quase me fez acreditar que era verdade. Sou a favor das atitudes e da felicidade, vivida e não falada. Trago um peito cheio de amor, confesso, mas todo ele está preso."

Raquel Cruz.

domingo, 30 de maio de 2010

"Até que, num determinado momento, ele ficou para trás. Quando não ouviu mais sua voz, nem os seus passos, ela apontou a lanterna acesa para todas as direções. Procurou, gritou por ele. Nada. Sentou-se à beira da estrada e chorou. Desligou a lanterna e ouviu o silêncio gritando, as cores do escuro cegando seu pensamento. E adormeceu, exausta."

Cristiana Guerra
"O que lhe parecia remédio agora dói. E não cura."

Cristiana Guerra
"Vem você e me trata tão bem. Estraga tudo.
Mania de ser bom moço, coisa chata.
Eu nunca mais quero ouvir que você só tem olhos pra mim, ok? E nem o quanto você é bom filho. Muito menos o quanto você ama crianças. E trate de parar com essa mania horrível de largar seus amigos quando eu ligo. Colabora, pô. Tá tão fácil me ganhar, basta fazer tudo pra me perder.
E lá vem ele dizer que meu cabelo sujo tem cheiro bom. E que já que eu não liguei e não atendi, ele foi dormir. E que segurar minha mão já basta. (...)
Com tanto potencial pra acabar com a minha vida, sabe o que ele quer? Me fazer feliz. Olha que desgraça. O moço quer me fazer feliz. E acabar com a maravilhosa sensação de ser miserável. E tirar de mim a única coisa que sei fazer direito nessa vida que é sofrer. Anos de aprimoramento e ele quer mudar todo o esquema. O moço quer me fazer feliz. Veja se pode. (...) Ontem quase, quase, quase ele me tratou mal. Foi por muito pouco. Eu senti que a coisa tava vindo. Cruzei os dedos. Cheguei a implorar ao acaso. Vai, meu filho. Só um pouquinho. Me xinga, vai. Me dá uma apertada mais forte no braço. Fala de outra mulher. Atende algum amigo retardado bem na hora que eu tava falando dos meus medos. Manda eu calar a boca. Sei lá. Faz alguma coisa homem!
E era piada. Era piadinha. Ele fez que tava bravo. E acabou. Já veio com o papo chato de que me ama e começou a melação de novo. Eita homem pra me beijar. Coisa chata. (...) Pra piorar, ele ainda tem o pior dos defeitos da humanidade: ele esqueceu a ex namorada."

Tati Bernardi
"Mas se eu tivesse ficado, teria sido diferente? Melhor interromper o processo em meio: quando se conhece o fim, quando se sabe que doerá muito mais — por que ir em frente? Não há sentido: melhor escapar deixando uma lembrança qualquer..."

Caio F. Abreu
Naquele momento em que você pede paciência, porque se te derem força, você mata um!

Tati B.
"A verdade é que nenhum homem serve pra você. Você nunca se dá ou se dará por satisfeita. Sua fome é de Mundo, não de Amor. Você quer que o Mundo te dê um abraço, não um homem. No seu caso, acho que você deveria mesmo é ficar sozinha."

sábado, 29 de maio de 2010

"Pra que mentir, fingir que perdoou? Tentar ficar amigos sem rancor...A emoção acabou, que coincidência é o amor, a nossa música nunca mais tocou. Pra que usar de tanta educação? Pra destilar terceiras intenções, desperdiçando o meu mel devagarzinho, flor em flor...Entre meus inimigos beija-flor."

Cazuza
"Supere isso e, se não puder superar, supere o vício de falar a respeito."

Caio Fernando Abreu.

quinta-feira, 27 de maio de 2010


Agora apenas recomeçava.

Tati B.
"Todos nós somos assim, frágeis, em circunstâncias que fogem ao nosso controle. (...) A maioria delas provocada à força, quando somos revisitados pela mesma velha, humana e implacável sensação de abandono."

Fernanda Young
"As lágrimas saltaram, ardentes, de meu olhos, mas não eram lágrimas de tristeza. (...) De repente estava com tanta raiva que minha cabeça pulsava como se fosse explodir."

quarta-feira, 26 de maio de 2010

"Os melhores momentos que ela jamais passou ao lado de alguém. Mas preferia mil vezes nunca tê-lo conhecido."

Fernanda Young

"Ela sabe que vai se machucar, ferir, doer, chorar, mas não consegue se manter distante."

Camila Meneghetti
"Só vou perguntar porque você se foi, se sabia que haveria uma distância, e que na distância a gente perde ou esquece tudo aquilo que construiu junto.E esquece sabendo que está esquecendo."

C.F.A
"Ah, então foi pra ele que eu dei meu coração e tanto sofri? Amor é falta de QI, tenho cada vez mais certeza."

Caio Fernando Abreu
"E do buraco negro da memória que ocupa o espaço anteriormente ocupado por esta pessoa - sim, era uma pessoa que não lembro - , em vez de faces, jeitos, vozes, nomes, cheiros, formas, chegam-me somente emoções confusas ou palavras como estas - doloroso, amargo, irreparável."

Caio Fernando Abreu
“Quando eu saí da tua vida
Saí morrendo de medo do desejo de ficar”


"Eu acho que a gente não deve perder a curiosidade pelas coisas: há muitos lugares para serem vistos, muitas pessoas para serem conhecidas. Tudo isso estimula a gente, clareia a cabeça, refresca. Por que não? "


C.F.A
"E eu compreendi que não podia suportar a idéia de nunca mais escutar esse riso. Ele era para mim como uma fonte no deserto. Meu bem, eu quero ainda escutar o teu riso."

Antoine de Saint-Exupéry
"Coisas assim, algumas ferem, mesmo essas que são bonitas."

Caio Fernando Abreu

terça-feira, 25 de maio de 2010

“E uma compulsão horrível de quebrar imediatamente qualquer relação bonita que mal comece a acontecer.Destruir antes que cresça."

Caio Fernando Abreu

"A dor é inevitável.
O sofrimento é opcional."

Carlos Drumond de Andrade

“Menos pela cicatriz deixada, uma ferida antiga mede-se mais exatamente pela dor que provocou, e para sempre perdeu-se no momento em que cessou de doer, embora lateje louca nos dias de chuva”.

Caio Fernando Abreu

“É muito difícil fazer sua cabeça e
seu coração trabalharem juntos.
No meu caso, eles não são nem amigos.”

Woody Allen – Crimes e Pecados

"... afinal, há é que ter paciência, dar tempo ao tempo, já devíamos ter aprendido, e de uma vez para sempre, que o destino tem de fazer muitos rodeios para chegar a qualquer parte.”

José Saramago

"Socorro, alguma rua que me dê sentido
Em qualquer cruzamento, acostamento, encruzilhada
Socorro, eu já não sinto nada, nada…”

'Eu quero parar com tudo isso, ele é um menino que não pode acompanhar minha louca linha de raciocínio meio poeta, meio neurótica, meio madura."

Tati Bernardi

segunda-feira, 24 de maio de 2010


"Às vezes minha arrogância não deixa e eu queria me cortar. Ela não deixa e eu queria cortar alguém. Ela não deixa e eu quero pular da janela, dormir meses, tratar alguém mal, pouco me importar, quebrar tudo, fazer algo terrível, nunca mais fazer nada. Ela não deixa e eu passo meu batom e vou disfarçar meu desespero por aí. "

"Quando a razão é capaz de entender o ocorrido, as feridas no coração já são profundas demais."

"Hoje me vejo procurando um novo caminho e sei que será longa a estrada.Até encontrar quem perceba que a minha urgência nada mais é do que a urgência de ter calma. Até encontrar quem realmente me veja."

Cristina Guerra

"Aprendi a amar menos, o que foi uma pena, e aprendi a ser mais cínico com a vida, o que também foi uma pena,mas necessário.Viver pra sempre tão boba e perdida teria sido fatal."

Caio Fernando Abreu

domingo, 23 de maio de 2010

"Eu tenho medo da força absurda que eu sinto sem você, de como eu tenho muito mais certeza de mim sem você, de como eu posso ser até mais feliz sem você. Pra não pensar na falta, eu me encho de coisas por aí. Me encho de amigos, bares, charmes, possibilidades, livros, músicas, descobertas solitárias e momentos introspectivos andando ao Sol. E todo esse resto de coisas deixa ao pouco de ser resto, e passa a ser a minha vida, e passa a enterrar você de grão em grão."

Tati Bernardi

sábado, 22 de maio de 2010


"Despedir-se de um amor é despedir-se de si mesmo.
É o arremate de uma história que terminou,
externamente, sem nossa concordância,
mas que precisa também sair de dentro da gente…
E só então a gente poderá amar, de novo."

Martha Medeiros
"Eu quero sim te matar, porque você tem uma mania surda de responder todas as minhas perguntas com um “ãhhh?” enjoado, e eu quero te socar porque você já descobriu tudo o que me irrita e gosta de me ver assim."

Tati Bernardi.
"No entanto, quanto mais escrevo, mais me dou conta de que não há fórmula que dê garantia para nossas atitudes, de que não há pessoa neste mundo que não possa nos surpreender, de que tudo o que vivemos são tentativas, e que inútil, inútil mesmo, nenhuma é."

Martha Medeiros

"Me faz bem pensar nessas atividades corriqueiras, que supostamente você está fazendo. Ah, e eu estou te esperando, com meu vestido curto, óculos escuros grandes e meu coração pulsando forte, e te abraçar até sentir o mundo girar apenas para nós. É, eu gosto muito de ti."

Caio Fernando Abreu

"E aquele beijo... aquele beijo doce, o gosto que ele tinha, era quase irreal. A forma como me tocava, gentilmente e sua pegada tão forte, seu beijo ardente que depois ficava calmo, passivo e sedutor."

Carolyne Mota

quinta-feira, 20 de maio de 2010

"Eu sei que sou pesada, triste, dramática, neurótica, louca, insatisfeita, mimada, carente. Mas você se esqueceu da minha maior qualidade: eu sou só."

Tati Bernardi
"Venha agora, ganhe a corrida, passe todo o resto pra trás, é você quem eu continuo eternamente esperando na linha final."

Tati Bernardi

quarta-feira, 19 de maio de 2010

"Eu achei que quando passasse o tempo, eu achei que quando eu finalmente te visse tão livre, tão forte e tão indiferente, eu achei que quando eu sentisse o fim, eu achei que passaria. Não passa nunca, mas quase passa todos os dias."

Tati B.

"E nenhum desses filhos-da-puta é você."


Tati Bernardi
"É apenas uma saudadezinha. Gostosa, tranqüila, bonita, saudável, de longe. E, quem diria: leve."

Tati Bernardi

terça-feira, 18 de maio de 2010

Diálogos (in)esperados

- Sonhei com você.
- É? Sonho bom ou ruim?
- Bom!
- Hum...

Risos! Muitos risos...É sempre assim né, quando a gente não quer mais nada com a pessoa ela vem atrás.
Sabe como seria esse diálogo a um tempo atrás?

- Sonhei com você.
- owwn *-* que lindo, sonho bom?
- Bom!
- Também sonhei com você.
- :D

Porque, com certeza, eu iria sonhar o fulano também. Mas agora? Só consigo rir, e muito!

"All the things that I need
All the things that you need
You can make it feel so real.

Cuz' you can't deny
You've blown my mind
When I touch your body
I feel I'm loosing control"

Stereo Love - Edward Maya

"Você deixou saudade..."

Charlie Brown - Só os loucos sabem

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Bobeiras

Nesse final de semana comecei a sair com um cara...E sinceramente, isso não é nada bom.Todas as minhas tentativas de fazer um relacionamento dar certo nunca funcionaram. Mas o que anda me incomodando muito nessa história toda é que eu não quero que de certo.
Eu sou muito doida... eu sou realmente muito doida.
Ele é praticamente perfeito...
É romântico e carinhoso: Sabe aquele beijo romântico que depois que vai acabando vira alguns selinhos e depois vira um abraço beeeem apertado e protetor?
Se importa comigo: Pergunta se eu quero água, se eu to com frio e me leva na porta de casa.
Tem assunto: ainda estamos nos conhecendo, mas ele procura puxar sempre um assunto...seja pessoalmente, seja no msn...Ele fala " Tá frio hoje" mas puxa assunto.
É tímido: Mas daquele tipo que só é tímido pra falar...Toma cuidado com as palavras que usa pra se dirigir a mim.
E mais: Pelo que me falaram ele sempre quis sair comigo. Ou seja, ele já pode ter me visto nos piores dias da minha vida (aqueles que você acorda e vai pra rua sem se importar com a aparência, achando que não vai encontrar ninguém) mas nunca deixou de se interessar por mim.
Mas do que adianta? Eu, definitivamente, não quero que de certo.
E isso acontece porque ainda estou presa a um bom porém feio passado. Mas que saco...
Enquanto eu estava abraçada a esse novo cara, olhava pra rua onde estávamos...Sim, aquela rua...que costumávamos ficar pra fugir do mundo todo, só conseguia pensar em você. Pensar em como a gente se divertia juntos. Em como daria uma bela foto se algum amador resolvesse fotografar nós dois de mãos dadas.
Olha como eu sou...Megera. Estava ao lado de alguém que realmente se importa comigo e pensando em outro que...não se importa faz tempo.
Sim, eu sou muito errada...e muito doida também (já cansei de falar isso, mas tenho sempre que enfatizar), mas eu só queria me desprender de você pra poder viver minha vida em paz.
Nessas horas que eu paro e penso em você com a outra lá (argh)...E pelo amor de Deus... Que porra de mundo injusto é esse?
Eu com outro.
Você com outra.
Eu pensando em você enquanto o outro me enchia de carinhos (amores e beijinhos. Risos! Lembrei de uma música).
E você, tranquilamente feliz...estupidamente feliz (Feliz?) mostrando pra Deus e o mundo que está muito bem com a outra.

E foi você, você que me transf...

Nessa hora, releio o que acabo de escrever e decido não continuar. Olha pra onde eu estava indo! Comecei a falar de um novo cara que me quer com todas as minhas vírgulas e todos os meus pontos finais (como diria minha querida Tati) e ia terminar esse texto falando de um que não está nem aí.

Vou apagar e terminar o texto aqui:

"Mas do que adianta? Eu, definitivamente, não quero que de certo."

Esqueçam o resto... Mudei até a corzinha! Considerem apenas o que está de preto...


Patricia Mululo ;P


"Sinto uma falta absurda de você. Ficou um vazio que ninguém (pre)enche.E penso e repenso e trepenso em você..
Tá tudo bem assim. Só que me rouba o sentido - entende? - ou a ilusão de sentido que quero ter de vida, e que é essencial para a minha sobrevivência."

Caio Fernando Abreu

Droga...

"Um band-aid no coração,
um sorriso nos lábios – e tudo bem."

Caio F. Abreu

"Não agüento mais os mesmos papos, os mesmos cheiros, as mesmas gírias, os mesmos erros, a volta por cima, o salto alto, o queixo empinado, o peito projetado pra frente, não agüento mais fingir com toda a força do mundo que tudo bem."

Tati B.

"Refugiei-me na doideira porque a razão não me bastava."

Clarice Lispector

domingo, 16 de maio de 2010

"E eu, finalmente, deixei de ter pena de mim por estar sem você e passei a ter pena de você por estar sem mim."

Tati Bernardi
"Cansei de morrer na vida das pessoas. Por isso matei você.
Antes que eu morresse de amor. Matei você.
Eu sei que sou covarde. Surpreso? Eu não."

Tati Bernardi

"Eu arregacei as minhas mangas e deixei morrer quem estava embaixo delas."

Tati Bernardi

sábado, 15 de maio de 2010

"Não pense que foi fácil.
Mas resisti à tudo e hoje.
Resisto e existo sem você…
Não, eu não estou sendo fria, irônica ou insensível.
É que hoje em dia meu coração escuta a voz da razão.
É Bem…
Você ficou muito tempo do outro lado do mundo.
Enquanto eu criava histórias e melodias, você partia.
Aos trancos eu me acostumei
A saudade eu já matei
O que resta são lembranças de um tempo que não volta."

Ju Fuzetto
"Uma pessoa não é só um amontoado de frasezinhas supostamente brilhantes."

Caio Fernando Abreu

"O mundo me viu descabelar. Agora vai me ver dormir e cagar pra ele."
Já postei essa aqui uma vez, mas tenho que postar de novo.
Frase do final de semana:

"E tenho a plena certeza que cometo o maior erro do ano, ainda que eu não duvide que todos os acertos são mesmo feitos assim: quando a loucura nos vence de alguma forma."

Tati Bernardi

quarta-feira, 12 de maio de 2010

"Ando tentando não pensar demais nas coisas. Tentando não me apoiar em nenhuma das verdades que criei. Ando tentando não conversar, não amar, nem sequer gostar, não me apegar, não voltar atrás, não repensar, ignorar, me manter distante. Ando tentando superar."


"Resolveu chorar mais um pouco. Estava, como sempre acontece quando perde o controle, chorando por causa de tudo. Tudo, no caso, é toda a vida dela."

Bobeiras

Tá vai, vou tentar escrever sobre como está minha vida aqui.

Cada dia que passa e que eu tenho que, obrigatoriamente, acordar cedo tenho mais certeza de que, às vezes, queria ser um urso. Isso mesmo, um urso! Só pelo fato de poder hibernar quando chegar o inverno. Mas vou pular essa parte, até porque é impossível um ser humano virar um urso e hibernar. É gente...Querer não é poder.
Depois de conseguir fazer meu corpo se levantar da cama e minhas pernas andarem, subo um morro gigante pra chegar à escola, só não é tão gigante assim porque são muitas conversas e fofoquinhas básicas com minha amiga pra fazer com que ele "diminua" e finalmente nos leve ao nosso destino. As aulas até que são produtivas, algumas né...Tem umas que eu desisto de prestar atenção porque simplesmente aquelas coisas todas não entram na minha cabeça, e eu falo de Física, ô matériazinha enjoada!
No intervalo, sento no mesmo lugar de sempre com as mesmas pessoas de sempre (não to reclamando não, isso é muito bom) e fico observando as crianças do Ensino Fundamental brincarem e conseqüentemente correrem pra lá e pra cá atrás de uma bolinha (que por sinal, já foi muitas vezes jogada em cima de mim). É muito estranho e chato ser os mais velhos da escola...Era bem mais divertido quando eu tinha 9 anos e levava boneca pro colégio ou quando eu tinha 14 e me arrumava toda pra impressionar os meninos mais velhos (risos).
Depois de mais 3 aulas eu finalmente volto pra casa. E faço coisas normais como almoçar,dormir,estudar,entrar aqui,ver televisão...etc.
Rezo pra chegar logo o final de semana pra poder acordar mais tarde, passear com meu sobrinho de manhã e sair a noite...Essa parte de sair a noite não me anima muito não, as opções de fazer alguma coisa realmente legal nessa cidade são muuuuito poucas. Mas tudo bem, encontro minha outra amiga (to falando de você Lidi *-*) e assunto é o que não falta...Até porque, não a vejo mais todo dia (triste) porque ela já se formou e agora está a caminho de uma faculdade (que orgulho). Quando temos sorte, o nosso final de semana ruim e pacato se transforma em um divertido e agitado sábado (quase não saímos sexta e domingo, então o nosso final de semana se resume aos sábados).
Falando nisso, surgiram duas opções de fazer alguma coisa realmente legal nesse final de semana...Um churrasco de turma sexta que, infelizmente, minha amigona não poderá ir devido ao cursinho pré vestibular (ô menina estudiosa, muito bem) e outro churrasco no sábado, mas não tem nada certo ainda.
Cansei de escrever... Vou parar por aqui. Que esse final de semana seja muuito bom. Ando precisando de dias divertidos!

E só pra não perder o costume...Uma frasezinha:

"Porque você se intromete, nos meus sonhos,
na minha mente?
Porque sempre teima em voltar e reaparecer toda vez que
consigo fugir de você?"




terça-feira, 11 de maio de 2010

"Chorar por tudo que se perdeu, por tudo que apenas ameaçou e não chegou a ser, pelo que perdi de mim, pelo ontem morto, pelo hoje sujo, pelo amanhã que não existe, pelo muito que amei e não me amaram, pelo que tentei ser correto e não foram comigo. Meu coração sangra com uma dor que não consigo comunicar a ninguém, recuso todos os toques e ignoro todas tentativas de aproximação."

Caio Fernando Abreu

"Mas não se preocupe, não vou tomar nenhuma medida drástica, a não ser continuar, tem coisa mais auto destrutiva do que insistir sem fé nenhuma?"

Caio Fernando Abreu

"...Livrar-se de uma lembrança é um processo lento, impossível de programar. Ninguém consegue tirar alguém da cabeça na hora que quer, e às vezes a única solução é inverter o jogo: em vez de tentar não pensar na pessoa, esgotar a dor. Permitir-se recordar, chorar, ter saudade. Um dia a ferida cicatriza e você, de tão acostumada com ela, acaba por esquecê-la."

Martha Medeiros
"Na minha memória - tão congestionada - e no meu coração - tão cheio de marcas e poços - você ocupa um dos lugares mais bonitos."

Caio Fernando Abreu
"....E eu quero ver você quando eu abrir os olhos novamente...."
"Avisei que não dou mais nenhum sinal de vida. E não darei. Não é mais possível. Não vou me alimentar de ilusões."

Caio Fernando Abreu

"Fiquei triste. Num momento você estava aqui, no outro já não estava. Igual a um bicho de estimação que morre de repente e somem com o corpo. (...) Quando o que devia ser alívio revela-se angústia. E a cabeça não pára, vasculhando cantos vazios.Não gosto de perder as minhas coisas, você sabe. E hoje, cercada pela sua ausência, procuro o que procurar. Experimentando o desânimo da busca desiludida. (...) Será inteligente apostar tanto de novo?Aposto que você está pouco se lixando para isso tudo. Que seguiu sua vida tranqüilamente, como se nada de tão importante tivesse ocorrido. (...) Queria apenas pedir um favor antes que você rasgue este resto do que tivemos. Se algum dia, tendo bebido demais, sei lá, você acabar pensando tolices parecidas com estas, escreva também uma carta. Mesmo sem jamais saber o que você irá dizer, sei que ela fará de mim menos ridícula.
.Então é isso - como sou insuportavelmente romântica, meu Deus. (...) Porque ainda gostaria de poder acreditar que você nadaria de volta para mim."

Fernanda Young

"Dentro daquela saudade que não ia embora por mais que o tempo passasse e dentro dele, mesmo sem lembrar, apenas agindo, todos os dias eu acordava e tomava banho, escovava os dentes e fazia todas essas coisas rotineiras, igual a alguém que aos trancos, mecanicamente, continua a viver mesmo depois de ter perdido uma perna ou um braço que, embora ausentes, ainda doem - sem poder evitar, inesperadamente, sem querer evitar..."

Caio Fernando Abreu

"Saudade é nunca mais querer saber de quem se ama, e ainda assim, doer."

Martha Medeiros

segunda-feira, 10 de maio de 2010

Diálogos (in)esperados

Tomada a decisão...

- Bom, to indo. Vou sumir por uns tempos...Até mais.
- Pera aí, vai sumir?
- Vou tentar pelo menos...
- Por que?
- Porque sim
- Fala!
- Nada não...
- Você está brincando né?
- Não, por que?
- Por que vai fazer isso?
- É questão de necessidade, eu preciso fazer isso.
- Tudo bem...
- Até.

Um mês depois...


- Oi!
- Oi!
- Finalmente apareceu.
- É...
- Agora você pode me falar por que resolveu fazer aquilo?
- Não...É bem provável que você nunca saiba o real motivo.
- Por que?
- Quero dizer, se você for esperto...Você vai descobrir sozinho, sem eu ter que te contar.
- Prefiro que você me conte!
- Mas eu não, prefiro não falar disso...Você não é burro, por mais que finja de vez em quando.
- Ah...Não estou querendo adivinhar nada agora.
- Fazer o que então...
- Chata.
- Fiz falta?


Continua...



"Devo, entretanto, avisar que não pretendo te esquecer nem deixar você em paz. Pode correr; pode fugir; que vou em busca de você, onde estiver: Cancelarei compromissos, emendarei feriados, mas tenho certeza de que te encontrarei de novo. Nem que seja por um só segundo..."

Fernanda Young

"Não consigo mais aceitar relações pela metade.
Em outras palavras, raspas e restos não me interessam."

Caio Fernando Abreu

"Não espere me perder para sentir minha falta."

Clarice Lispector

"E da próxima vez que a gente se encontrar,
vou pedir pro relógio do mundo dar uma descansadinha,
só pra esticar esse tempo de abraço que faz graça no meu peito"

Vanessa Leonardi
"Mas se eu tivesse ficado, teria sido diferente? Melhor interromper o processo em meio: quando se conhece o fim, quando se sabe que doerá muito mais -por que ir em frente? Não há sentido: melhor escapar deixando uma lembrança (...) qualquer coisa que depois de muito tempo a gente possa olhar e sorrir, mesmo sem saber por quê. Eu prefiro viver a ilusão do quase, quando estou "quase" certa que desistindo naquele momento vou levar comigo uma coisa bonita. Quando eu "quase" tenho certeza que insistir naquilo vai me fazer sofrer, que insistir em algo ou alguém pode não terminar da melhor maneira, que pode não ser do jeito que eu queria que fosse, eu jogo tudo pro alto, sem arrependimentos futuros! Eu prefiro viver com a incerteza de poder ter dado certo, que com a certeza de ter acabado em dor. Talvez loucura, medo, eu diria covardia, loucura quem sabe!

Caio Fernando Abreu

domingo, 9 de maio de 2010

"...faz de conta que ela nao estava chorando por dentro - pois agora mansamente, embora de olhos secos, o coração estava molhado"

Clarice Lispector
' "Eu te odeio", disse ela para um homem cujo crime único era o de não amá-la.'

Clarice Lispector
"Até cortar os próprios defeitos pode ser perigoso. Nunca se sabe qual é o defeito que sustenta nosso edifício inteiro."

Clarice Lispector

"'Por onde anda você, tão distanciada, tão silenciosa?"
Caio Fernando Abreu
"Fiquei feliz em poder sentir tua falta, - a falta mostra o quão necessitamos de algo/alguém. É assim o nosso ciclo. Eu te preciso. Perto, longe, tanto faz."

Caio Fernando Abreu
"Que você podia tê-la tocado. Você podia tê-la apanhado. No ar, que nem uma fruta. Aí volta o soco. E sem entender, você então pára e pergunta alguma coisa assim: mas de quem foi o erro?"

Caio Fernando Abreu
" E assim, aos poucos, ela se esquece dos socos, pontapés, golpes baixos que a vida lhe deu, lhe dará. A moça - que não era Capitu, mas também tem olhos de ressaca - levanta e segue em frente. Não por ser forte, e sim pelo contrário...por saber que é fraca o bastante para não conseguir ter ódio no seu coração, na sua alma, na sua essência.
E ama, sabendo que vai chorar muitas vezes ainda. Afinal, foi chorando que ela, você e todos os outros, vieram ao mundo."

Caio Fernando Abreu
"As coisas vão dar certo. Vai ter amor, vai ter fé, vai ter paz - se não tiver, a gente inventa. Estou em fase de reintegração."

Caio Fernando Abreu

"Tenho tentado aprender a ser humilde. A engolir os nãos que a vida te enfia goela abaixo. A lamber os chãos dos palácios. A me sentir-desprezado-como-um-cão, e tudo bem, acordar, escovar os dentes, tomar café e continuar."

Caio Fernando Abreu
"Um dia frio
Um bom lugar prá ler um livro
E o pensamento lá em você
Eu sem você não vivo
Um dia triste
Toda fragilidade incide
E o pensamento lá em você
E tudo me divide "

Djavan